Skip to main content

Você já teve a sensação que o celular te ouviu e mostrou exatamente o produto que você queria pesquisar? Ou que indicou um hotel que é a sua cara para uma viagem pós pandemia? Ou até que sugeriu aquela roupa que é a sua cara? Pois é, isso acontece muito na internet. E sabe por que? Devido aos dados que são coletados.

Algumas pessoas adoram essas indicações e outras odeiam, mas a realidade é que muitos aplicativos, a maioria, coletam os nossos dados de navegação e compartilham com empresas. Saiba quais são os apps que mais coletam dados no iPhone.

Dados a outras empresas

Segundo o estudo da pCloud, empresa de armazenamento em nuvem para Apple, há vários aplicativos que divulgam diversas informações sobre você para companhias terceiras ou até para o próprio uso. Ele analisou os rótulos de privacidade na Apple Store, novidade do iOS 14 que informa a segurança do serviço ao aceitar os termos de uso.

Segundo essa análise, 52% dos softwares disponíveis na loja online coletam dados para divulgar aos anunciantes. O TOP 1 é o Instagram, um app muito usado atualmente. Ele divulga a terceiros 79% dos dados pessoais que são coletados: compras, localização, contatos, históricos de navegação e pesquisa e outros. Em segundo lugar está o Facebook (do mesmo dono) com 57%. Em terceiro e quarto Linkedin e Uber Eats com 50% cada um e em quinto lugar o Trainline (app europeu de ônibus).

Saiba quais são os apps que mais coletam dados no iPhone

Foto: Divulgação/pCloud

Dados para uso próprio 

Se você achou que os números eram altos, 80% das empresas donas de apps usam as informações para benefício próprio, como anúncios, promoções ou repasse para companhias parceiras que pagam para isso.

Dessa vez Facebook e Instagram estão juntos com 86% dos dados coletados. O terceiro e quarto na lista são Klarna (compras) e Grubhub (comida) com 64%. Outras plataformas conhecidas no Brasil como Uber, Uber Eats, LinkedIn, Twitter e YouTube usam 50% das informações para benefício próprio. 

Saiba quais são os apps que mais coletam dados no iPhone

Foto: Divulgação/pCloud

Apps mais seguros 

Depois de ter uma noção sobre dados compartilhados e usados no próprio app, o estudo da pCloud também listou as plataformas mais seguras e que divulgam um número muito baixo de dados.

Algumas plataformas são muito usadas e não divulgam nenhuma informação pessoal, nada mesmo, como Netflix, Microsoft Teams, Signal, Skype e Zoom por exemplo.

Saiba quais são os apps que mais coletam dados no iPhone

Foto: Divulgação/pCloud

Como saber mais? 

Para checar quais informações são coletadas por um app, basta você olhar a política de privacidade dele antes de baixar na Apple Store. Você pesquisa o app, clica em rótulos de privacidade e pronto. Há três categorias: dados usados ​​para rastrear você, dados vinculados a você e dados não vinculados a você.

Para evitar problemas, sempre pesquise e leia antes de baixar um novo aplicativo. No caso da divulgação de dados para terceiros, geralmente é algo positivo porque te ajuda a encontrar uma boa promoção ou te indica um produto que você também precisava. Mas atenção: não compre tudo o que for sugerido a você, pense se você realmente precisa daquele produto, qual será o objetivo dele e se você tem condições financeiras de pagar.

Thais Helena Bento

Thais Helena Bento

Jornalista formada pela PUC-Campinas. Tem 24 anos, trabalha na rádio CBN Campinas e apresenta/participa do CBN Esportes. É comunicativa, gosta de estar com a família e os amigos e valoriza muito as relações.