Skip to main content

A LG anunciou que vai encerrar os trabalhos de celulares em todo o mundo. Em um comunicado oficial aos jornalistas, a companhia afirmou que vai focar seus esforços em inteligência artificial, dispositivos para casa e outros. A informação foi divulgada dia 5 de abril.

Em janeiro o CEO da LG, Kwon Bong-seok, disse que considerava todas as medidas possíveis e na semana passada havia rumores sobre a paralisação. O motivo é a queda do mercado e prejuízo financeiro. 

Todo esse processo deve ser finalizado até 31 de julho, mas a empresa afirma que vai proporcionar ajuda aos clientes com relação a atualizações: “A LG trabalhará em colaboração com fornecedores e parceiros de negócios durante o encerramento do negócio de telefonia móvel”. 

Apesar da data estipulada, pode ser que a movimentação de aparelhos ainda continue por mais tempo, já que deverá haver ainda estoque de modelos.

A LG afirmou que o foco será em áreas que estão em alta, como veículos elétricos, robótica e inteligência artificial. “A LG continuará a alavancar sua experiência móvel e desenvolver tecnologias relacionadas à mobilidade, como o 6G, para ajudar a fortalecer ainda mais a competitividade em outras áreas de negócios […] As principais tecnologias desenvolvidas durante as duas décadas de operações de negócios mobile da LG também serão mantidas e aplicadas a produtos existentes e futuros”.

Segundo levantamento do Tecnoblog, a LG somou US$ 3,44 bilhões em prejuízo entre janeiro de 2015 e setembro de 2020. O último período de lucro com celulares foi apenas em 2014.

Thais Helena Bento

Thais Helena Bento

Jornalista formada pela PUC-Campinas. Tem 24 anos, trabalha na rádio CBN Campinas e apresenta/participa do CBN Esportes. É comunicativa, gosta de estar com a família e os amigos e valoriza muito as relações.