Skip to main content

O Open Banking chegou para movimentar o setor de bancos e serviços financeiros, mas você sabe o que é? Não? Então acompanhe este post.

O que é o Open Banking?

O Open Banking (ou Sistema Financeiro Aberto) proporciona que dados e serviços sejam compartilhados de forma padronizada através de APIs (Application Programming Interfaces), que é uma programação que permite a comunicação entre diferentes sistemas.

Quais são os benefícios?

O objetivo é entregar produtos e serviços com mais agilidade, conveniência e segurança. Serão oferecidos serviços financeiros com o cliente como foco, como comparadores de preços, produtos e serviços; possibilidade de ganhar melhores ofertas e ter um controle da própria vida financeira.

Quando vou poder compartilhar os meus dados?

A partir da 2ª fase (13 de agosto), as instituições participantes vão liberar o compartilhamento de dados (cadastros, transações em conta, informações sobre cartões e operações de crédito). Você é quem decide.

Vou estar cadastrado automaticamente no Open Banking?

Não, é preciso que você se manifeste com a instituição financeira.

Conheça as fases do Open Banking

1ª fase – 1º de fevereiro de 2021 – Os dados das empresas participantes (1.065 companhias) começaram a ser compartilhados.

2ª fase – 13 de agosto de 2021 – O compartilhamento aos usuários foi autorizado pelas empresas.

3ª fase – 30 de agosto de 2021 – Os consumidores podem acessar os serviços de pagamento fora do ambiente do banco.

4ª fase – 15 de dezembro de 2021 – Vai ser possível compartilhar dados como operações de câmbio, investimentos, seguros e previdência.

Para mais detalhes, acesse o site do Open Banking.

Thais Helena Bento

Thais Helena Bento

Jornalista formada pela PUC-Campinas. Tem 24 anos, trabalha na rádio CBN Campinas e apresenta/participa do CBN Esportes. É comunicativa, gosta de estar com a família e os amigos e valoriza muito as relações.