Começando um novo ano e novos projetos também. Já pensou nas metas de 2021? Que tal começar um blog, site ou vendas online?

Conheça 10 editores de site e escolha a melhor opção para você!

1) WordPress

O WordPress.com surgiu dentro do WordPress.org, um antigo editor muito conhecido para o gerenciamento de sites, mas é mais prático e acessível para iniciantes. Você pode criar um blog, site completo ou uma combinação dos dois e começar de forma gratuita (ele é pago para ter mais funções, mas há o pacote básico disponível). O preço dos pacotes varia de R$ 12 por mês (personal) até R$ 149 mensais (eCommerce).

Nele também há a ferramenta drag-and-drop para inserir imagens, áudios e outros em sua página, edição em blocos, editor intuitivo (fácil de compreender e que salva seu texto antes de você clicar em rascunho), aplicativos disponíveis para computador e celular e gráficos que mostram as suas estatísticas.

Saiba mais: WordPress

2) Site123

Para quem gosta de praticidade e da frase “menos é mais” o Site 123 é o editor ideal. Ele até é parecido com o Wix, mas como se fosse uma versão mais simplificada.

Há mais de 180 opções de layouts prontos para você escolher, que também possuem a versão mobile, e interface em português. Outra ferramenta similar é a variedade de aplicativos que podem ser acrescentados no seu site.

Com relação a edição e reorganização, o modelo do Site123 é o point-and-click (do inglês apontar e clicar). Você apenas busca o que deseja e clica nos botões e instruções disponíveis para que as mudanças aconteçam. O site terá uma estrutura predeterminada e alinhada, mas você pode adicionar e escolher a ordem das seções de conteúdo.

Saiba mais: Site123

3) Wix

O Wix é muito conhecido e é ideal para quem quer abusar da criatividade, já que ele contém mais de 500 layouts para escolher e personalizar. Ele também é mobile friendly.

O editor vende a ideia que você pode criar o design que quiser e realmente pode. Através dos modelos já disponíveis, você escolhe qual se encaixa mais com a sua ideia e pode também personalizar com a ferramenta drag-and-drop (do inglês arrastar e soltar).

Outras vantagens são os blocos para organização e galerias pré-criadas, assim você pode utilizar também imagens e vídeos facilmente no seu site. Há uma opção a partir do App Market, onde é possível adicionar no blog aplicativos gratuitos ou pagos que oferecem diversos novos recursos. Por exemplo: adicionar formulários, chat ao vivo, agendamento de compromissos e integrações com Google.

Para fechar as vantagens do Wix: ele é super intuitivo e está disponível em português.

Saiba mais: Wix

4) Squarespace

O Squarespace já possui uma interface clean no próprio site e isso reflete nos layouts disponíveis. Ele é uma ótima opção para lojas online que querem vender seus produtos, mas também ter um blog para o público.

Ele se parece com o Wix para a edição, bastante simples, mas oferece outras funcionalidades. Para produzir o site, ele disponibiliza seções predefinidas (sem muitas alterações disponíveis), layout flexível (você escolhe uma opção e edita para ficar com o seu jeito) ou estilo personalizado (onde você escolhe outras opções com apenas um clique).

O lado negativo é que não há plano grátis, apenas 14 dias para uma versão de teste. Confira os planos mais básicos e veja se as ferramentas são equivalentes a sua proposta.

Saiba mais: Squarespace

5) Weebly

Esse editor foi comprado pelo Squarespace (listado acima) recentemente e você pode escolher qual encaixa melhor no seu trabalho ou atividade. O Weebly é clássico e também é editável por blocos, recomendado para restaurantes e lojas mais tradicionais.

Algumas pessoas preferem o Square pois possui um maior número de design e as funções para e-commerce são mais práticas de serem usadas.

Saiba mais: Weebly

6) GoDaddy

O GoDaddy é ideal para empresas de pequeno e médio porte que procuram organizar todo o seu trabalho online em um só lugar. Nele você gerencia o site e também as mídias sociais.

O plano é grátis, o site possui um número grande de layouts (separados por categorias) e disponibiliza os seus dados como se fosse uma consultoria.

Sobre a customização e integração, existem algumas limitações, mas isso não impede de ter uma boa flexibilidade para fazer o seu trabalho. Ele disponibiliza também que você adicione o seu próprio código (HTML, CSS e JavaScript) e estenda algumas funções.

Saiba mais: GoDaddy

7) SimpleSite

O SimpleSite está totalmente ligado ao nome: é um criador simples durante todo o processo. É indicado para sites mais básicos com um bom design, por exemplo portfólio ou outro modelo do blog pessoal. A interface é em português.

Por outro lado, ele também tem a função de loja online, em que você pode cobrar pagamentos, e talvez seja aquela opção “menos é mais” para a sua empresa ou apenas um desapega mesmo.

Outras funcionalidades são: centenas de design prontos ou fundos e cores para criar, atendimento ao cliente (para você que está criando o seu site), ferramenta para adicionar fotos, vídeos, mapas e página de contato, é acessível em todos os dispositivos e seu visitante pode curtir e compartilhar no Facebook, Twitter ou Google+.

Com relação a preços, o pacote básico é grátis para até 1 ano e fornece 15 páginas, 300 imagens, 600 segundos de vídeo (10 minutos), opções limitadas de design e cinco produtos para a loja online. Se você busca mais opções, opte pelos pacotes pagos. O Pro começa com US$ 15,49 (aproximadamente R$ 83,80) e o E-Commerce custa a partir de US$ 30,49 (aproximadamente R$ 164,95).

Saiba mais: SimpleSite

8) Volusion

O Volusion é focado para site e-commerce e possui ferramentas para adicionar diversos produtos, monitorar o estoque, pedidos e clientes. Ele também é intuitivo e pode ser editado em formato de blocos. No entanto, a interface é em inglês.

Se o seu objetivo é vender vários produtos, ele é o mais indicado. É disponibilizado muitos layouts, cores e fontes para você customizar do jeito que preferir. Um lado negativo é a falta de bloco de formulário de contato. Caso queira adicionar, você consegue através de HTML.

O site é pago, mas você pode testar grátis por 14 dias. Os pacotes mensais variam de US$ 29 a US$ 299 mensais (R$ 156,89 a R$ 1.617 aproximadamente). Se pagar anualmente, no site consta 10% de desconto.

Saiba mais: Volusion

9) Shopify

O Shopify também é voltado para as vendas online e permite que você venda em mais de um site: é possível integrar o editor com o WordPress por exemplo ou outros editores e também vender em redes sociais como Facebook e Instagram. Ele disponibiliza também descontos e 1 hora de uporte grátis com relação ao design após o upgrade do plano.

Você pode também criar um site robusto através dele e vender bastante. Há layouts prontos, mas que podem ser editados, e também compatíveis com todos os dispositivos. Os planos custam a partir de US$ 29 por mês (aproximadamente R$ 156,89), mas você pode testar de forma gratuita por 14 dias.

Saiba mais: Shopify

10) BigCommerce

O BigCommerce é outra opção para loja online, essa mais robusta, ideal para grandes varejistas e não cobra tarifas de transação. Você pode adicionar variedades e filtros de produtos, como por exemplo “camisa preta tamanho M”. Os clientes podem também deixar as avaliações da compra através do site.

O site é inglês e pago, mas está disponível gratuitamente por um mês.

Saiba mais: BigCommerce

Thais Helena Bento

Thais Helena Bento

Jornalista formada pela PUC-Campinas. Tem 23 anos e também atua como produtora esportiva. Comunicativa, gosta de estar com a família e os amigos no tempo livre e valoriza muito as relações.