Skip to main content

O Google Fotos encerrou o armazenamento ilimitado de fotos e vídeos na terça-feira (1) e agora os arquivos terão um espaço definido.

A empresa informou a mudança em dezembro de 2020, mas a partir de agora ela já está valendo. Isso foi feito, segundo a companhia, por uma grande demanda por armazenamento.

O usuário terá disponível 15 GB grátis e mais 2 GB para quem utilizar uma verificação de segurança.

O Google informou que há duas formas de salvar os arquivos: na qualidade original (resolução em que foram feitos) e em alta definição (arquivo fica mais leve, mas cai um pouco de qualidade). 80% das pessoas podem manter o plano grátis por cerca de três anos, a mudança não afetará tanto a maioria dos usuários.

Qual o preço do plano pago? 

O espaço grátis oferecido pelo Google Fotos também está relacionado com o Gmail e Google Drive, então o armazenamento desses três softwares são um só.

Os valores variam de 100 GB (R$ 6,99 por mês) e 2 TB (R$ 34,99 mensal).

Outras ferramentas, por exemplo, possuem preços e formatos diferentes.

O OneDrive, da Microsoft, oferece 5 GB grátis e tem planos de R$9/mês para 100 GB até R$ 35/mês para 6 TB.

A Apple, com o iCloud, também oferece 5 GB de forma gratuita e os planos começam com 50 GB (R$ 3,50 mensal) até 2 TB (R$ 34,90 mensal).

Como liberar mais espaço no Google Fotos? 

Além de excluir arquivos manualmente, o próprio aplicativo oferece uma opção para te ajudar. Ele mostra por exemplo “prints”, fotos desfocadas etc.

  • Dentro do app, clique na sua foto de perfil
  • Escolha a opção “armazenamento da conta”
  • “Analisar e excluir”
  • Escolha a categoria e exclua os arquivos que deseja
Thais Helena Bento

Thais Helena Bento

Jornalista formada pela PUC-Campinas. Tem 24 anos, trabalha na rádio CBN Campinas e apresenta/participa do CBN Esportes. É comunicativa, gosta de estar com a família e os amigos e valoriza muito as relações.