Skip to main content

O estado de Roraima ficou totalmente sem internet das 9h até às 14h. O motivo foi um rompimento de fibra ótica, que impediu o acesso à internet, realizações de ligações telefônicas e uso de sistemas bancários. Até o uso de SMS foi atrapalhado para algumas operadoras.

Isso aconteceu dia 29 de agosto.

O serviço foi normalizado após 5h que o estado ficou sem internet.

De acordo com informações do G1, a companhia Oi, que fornece grande parte da internet na região, afirmou que houve dois rompimentos de fibra ótica. Um teria sido de outra operadora e o outro devido a “obras de terceiros” na cidade de Caracaraí.

A Claro afirmou que o problema foi de uma “falha originada na infraestrutura compartilhada com outras operadoras”.

A Tim disse que opera normalmente e que os clientes podem ter tido dificuldades nesse período.

A Vivo informou que houve problemas nos serviços de voz e dados devido aos rompimentos, mas que às 14h estava normal.

O governo do estado disse que não houve problemas nos serviços do Bombeiros e dos Pronto Atendimentos, mas que aconteceu um pouco de instabilidade no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública, pelo 190.

Segundo o professor da Universidade Federal de Roraima (UFRR) e coordenador local da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), Roberto Câmara de Araújo, essa pode ter sido a primeira vez que todo o estado ficou offline.

A RNP é a empresa responsável por fornecer internet rápida para as instituições de ensino e mantém um portal com informações de tráfego do país.

Foto: Reprodução/RNP

Thais Helena Bento

Jornalista de 24 anos formada pela PUC-Campinas. Já trabalhou na rádio CBN Campinas, Jornal Correio Popular, Canal Esportes Online, Rádio Brasil, Arquidiocese de Campinas e outros. É uma pessoa comunicativa, que gosta de estar com a família e os amigos e que valoriza muito o contato presencial.