Skip to main content

O Twitter começou os testes nos Estados Unidos do Birdwatch para combater as fake news dentro da plataforma. A ferramenta vai permitir que os próprios usuários adicionem notas de contexto em tweets que pareçam ser enganosos. A proposta visa alertar de forma rápida que aquele conteúdo se trata de uma informação falsa para que ele não ganhe alcance no aplicativo.

Por estar em fase inicial de testes, o Birdwatch só é visto no site birdwatch.twitter.com para usuários dos EUA. É possível também avaliar a contribuição feita pelos usuários do Twitter.

“Essas notas estão sendo intencionalmente mantidas separadas do Twitter, enquanto criamos o Birdwatch e ganhamos confiança de que ele produz um contexto que as pessoas consideram útil e apropriado. Além disso, as notas não afetarão a maneira como as pessoas veem os tweets ou as recomendações do nosso sistema”, informou a plataforma. Os testes começaram na última segunda-feira (25).

Twitter começa testes do Birdwatch para combater fake News

Foto: Divulgação/Twitter

Antes de começar o Birdwatch, a rede social realizou mais de 100 entrevistas com os usuários e notou que as pessoas estavam de acordo com a ideia. A proposta do Twitter é realmente ajudar o público a combater as fake news. “As pessoas valorizam as notas por estarem na voz da comunidade (em vez da voz do Twitter ou de uma autoridade central) […] Nosso objetivo é construir o Birdwatch abertamente e tê-lo moldado pela comunidade do Twitter”, disse a empresa.

https://twitter.com/TwitterSupport/status/1353766523664531459

Thais Helena Bento

Thais Helena Bento

Jornalista formada pela PUC-Campinas. Tem 24 anos, trabalha na rádio CBN Campinas e apresenta/participa do CBN Esportes. É comunicativa, gosta de estar com a família e os amigos e valoriza muito as relações.