Skip to main content

O Twitter disponibilizou no Brasil, Espanha e Filipinas a ferramenta para denunciar tweets que sejam fake news. A liberação foi feita na segunda-feira (17). A novidade ainda está em testes, mas já é usada desde agosto de 2021 nos Estados Unidos, Coreia do Sul e Austrália.

A empresa afirmou em um comunicado que esses países foram escolhidos “porque queremos colher aprendizados de uma pequena, porém geograficamente diversificada, gama de regiões – incluindo aquelas em que o inglês não é o primeiro idioma – antes de tornar a ferramenta disponível globalmente”.

No caso do Brasil, por exemplo, 2022 será ano de eleição presidencial. “Além disso – e paralelamente a nossas políticas já existentes em eventos cívicos anteriores -, o fato de 2022 ser ano de eleições no Brasil e nas Filipinas, assim como de meio de mandato nos Estados Unidos, contribuirá para a avaliação de como esta ferramenta de denúncias seria usada em períodos de grandes eventos cívicos”, finalizou o Twitter.

Como denunciar?

Quando você clicar em “denunciar tweet”, vai ter a opção de “as informações são enganosas”. Depois disso, escolha se o conteúdo é sobre política, saúde ou outro tema. No assunto política terá a opção de discriminar se é sobre “informações sobre a eleição” ou outro. Em saúde, você escolhe se a fake news é sobre a Covid-19 ou outro problema.

Segundo o Twitter, a empresa já recebeu 3,7 milhões de denúncias em 1,95 milhão de tweets diferentes, publicados por 64 mil contas.

Thais Helena Bento

Jornalista de 24 anos formada pela PUC-Campinas. Já trabalhou na rádio CBN Campinas, Jornal Correio Popular, Canal Esportes Online, Rádio Brasil, Arquidiocese de Campinas e outros. É uma pessoa comunicativa, que gosta de estar com a família e os amigos e que valoriza muito o contato presencial.